O que é TFT?

Do inglês “Thought Field Therapy” (Terapia do Campo do Pensamento), o TFT foi desenvolvido por um psicólogo norte-americano, Roger Callahan, Ph.D, em 1979. Utilizando-se dos conhecimentos de acupuntura, Callahan descobriu que leves batidas com as pontas dos dedos em partes específicas do nosso corpo têm a capacidade de liberar a energia que se encontrava bloqueada em nossos meridianos energéticos. Para isso, basta sintonizarmos com o nosso pensamento o problema que nos incomoda enquanto a sessão é conduzida. Através da estimulação dos pontos corretos para o tratamento, em uma sequência correta, a perturbação entra em colapso. Como resultado, todos os traços do sofrimento psicológico são eliminados na sua causa original.

Indicações

O TFT é indicado para tratar qualquer tipo de sentimento negativo que nos incomode: ansiedade, traumas, stress, raiva, vergonha, depressão, insegurança, vícios, culpa, medos, mágoas, fobias, tristeza, entre outros. Ele pode ser aplicado em conjunto com a psicoterapia convencional, quando sentimentos negativos são aflorados e há dificuldade de se lidar com eles.

Em Ruanda, terapeutas da ONG internacional TFT Foundation trataram 400 crianças sobreviventes do genocídio ocorrido na década de 90. Todas apresentaram melhoras imediatas nos sintomas do TEPT (transtorno de estresse pós-traumático) e foram acompanhadas por 2 anos, demonstrando melhoras nas capacidades emocionais, físicas, psicológicas e também nos relacionamentos sociais. Em Kosovo e nos EUA, o TFT vem sendo usado com sucesso no tratamento de TEPT em soldados ex-combatentes de guerras, e no Quênia foi usado nos hospitais nas vítimas do atentado terrorista à embaixada dos EUA em 1998.

Não há contra-indicações e o alívio é imediato. Como a técnica é auto-aplicável, a sessão pode ser feita online (via Skype ou qualquer outro aplicativo via internet). A terapeuta indica quais são os pontos que devem ser tratados. Independente da sessão ser presencial ou online, todas as batidinhas (ou tapping, como é conhecido em inglês) são feitas pelo próprio cliente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *